Blog Ernani Carreira Guaíra SP

Blog Ernani Carreira Guaíra SP

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Semana da Consciência Negra Guaira-SP 2011

Home
Toda cor é Humana!
De 17 a 20 de novembro....clique

Programação Dia da Consciência Negra em Guaira SP 2013...clique

Dia Nacional da Consciência Negra .... clique

Semana da Consciência Negra Guaira-SP 2013...clique


Dia 20 de novembro, quarta-feira Feriado Municipal em Guaira-SP.


Semana Consciência Negra 2012...clique



Semana da Consciência Negra
Guaira-SP 2011

Feriado Municipal 20 de novembro, domingo



História do Dia da Consciência Negra,
cultura Afro-brasileira, importância da data.
 

Esta data foi estabelecida pelo projeto lei número 10.639, no dia 9 de janeiro de 2003. Foi escolhida a data de 20 de novembro, pois foi neste dia, no ano de 1695, que morreu Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares.

A homenagem a Zumbi foi mais do que justa, pois este personagem histórico representou a luta do negro contra a Escravidão, no período do Brasil Colonial. Ele morreu em combate, defendendo seu povo e sua comunidade.

Os Quilombos representavam uma resistência ao sistema escravista e também um forma coletiva de manutenção da cultura africana aqui no Brasil. Zumbi lutou até a morte por esta cultura e pela liberdade do seu povo.

Importância da DataA criação desta data foi importante, pois serve como um Momento de Conscientização e Reflexão sobre a importância da Cultura e do Povo Africano na Formação da Cultura Nacional.

Os Negros Africanos colaboraram muito, durante nossa história, nos aspectos políticos, sociais, gastronômicos e religiosos de nosso país. É um dia que devemos comemorar nas escolas, nos espaços culturais e em outros locais, valorizando a cultura afro-brasileira.

A Abolição da Escravatura, de forma oficial, só veio em 1888.

A Lei Áurea (Lei Imperial nº 3353) sancionada em 13 de maio de 1888, foi a Lei que extinguiu a Escravidão no Brasil.

Lei procedida pela pela Lei do Ventre Livre, que libertou todas as Crianças nascidas de pais escravos e Lei Saraiva-Cotejipe que regulava a extinção gradual do elemento servil. 
Porém, os Negros sempre resistiram e lutaram contra a opressão e as injustiças advindas da escravidão. 

Vale dizer também que sempre ocorreu uma valorização dos personagens Históricos de Cor Branca. Como se a história do Brasil tivesse sido construída somente pelos europeus e seus descendentes. Imperadores, navegadores, bandeirantes, líderes militares entre outros foram sempre considerados Heróis Nacionais.

Agora temos a valorização de um líder negro em nossa história e, esperamos, que em breve outros personagens históricos de origem africana sejam valorizados por nosso povo e por nossa história. Passos importante está sendo tomados neste sentido, pois nas escolas brasileiras já é obrigatória a inclusão de disciplinas e conteúdos que visam estudar a História da África e a Cultura Afro-brasileira.

Quilombo



Tradicionalmente, os quilombos eram das regiões de grande concentração de escravos, afastados dos centros urbanos e em locais de difícil acesso.
Quilombo era um local de refúgio dos escravos no Brasil, em sua maioria afrodescendentes (negros e mestiços), havendo minorias indígenas e brancas. O mais famoso na História do Brasil foi o de Palmares.
 


Embrenhados nas matas, selvas ou montanhas, esses núcleos se transformaram em aldeias, dedicando-se à economia de subsistência e às vezes ao comércio, alguns tendo mesmo prosperado.


Os seus habitantes, denominados de "quilombolas", eram originalmente agrupamentos de ex–escravos fugidos de seus senhores desde os primeiros tempos do Período Colonial.
 

Em algumas épocas e locais, tentaram reproduzir a organização social africana, inclusive com a escolha de reis tribais.


  

Nenhum comentário:

Postar um comentário